Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 10 de outubro de 2010


o amor tem muitos nomes.
esse não.
amor de mãe é uma coisa sem nome.
Sem gaveta, sem rótulos. sem senso. sem medida.
vem de dentro. vem do útero. vem da carne.vem de antes. vem da pele, do osso, dos nós.


é amor. só isso.
incondicional e atemporal.






e eu,
amo essa dupla!

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
to correndo.sempre pressa.meio atrasado.ligação perdida.olhar atento.desculpa o atraso.to indo embora.quer carona?aqui desse lado,aqui..assim mesmo.meu fluminense e meus desejos.um beijo do seu.eu aqui em qualquer lugar aqui, espaço pra vazão a idéias. ficção criando uma verdade pseudo pessoal. "eu quero uma verdade inventada"

Seguidores