Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 10 de outubro de 2010


EU

ELE

E

O

PATINHO DE BORRACHA

o amor tem muitos nomes.
esse não.
amor de mãe é uma coisa sem nome.
Sem gaveta, sem rótulos. sem senso. sem medida.
vem de dentro. vem do útero. vem da carne.vem de antes. vem da pele, do osso, dos nós.


é amor. só isso.
incondicional e atemporal.






e eu,
amo essa dupla!

sou tricolor de coração.

vim ver o flu, meu grande amor!

definitivamente,
a vida nos sorriu com
um par de olhos azuis.
video

pra lembrar o início.
música:contato imediato
de arnaldo antunes


verão 2009.
inácio nadava na barriga da mãe!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010


recém nascido chora muito.
mama muito.
é fragilzinho.
sente cólicas.
acorda de madrugada,os pais também.
os amigos pais, as amigas mães,os avôs
e avós sempre nos diziam:
'quando completar três meses tudo melhora.'
pois então aí está.hoje, ele completa três meses.
papai e mamãe aqui ja aguardam ele acordar cantando o hino
do fluminense e tomando café da manhã de garfo e faca.

três meses de felicidade intensa!

sábado, 7 de agosto de 2010


a pureza é contagiante
é contagiosa.
me encanta
o não saber porque.
eu quero me entorpecer
dessa ingênuidade!








:

ah,
eu vou adorar tomar um
vinhozinho
(do fundo de um sorriso gostoso)
e ver discovery kids com
ele
(sorriso irônico)

sexta-feira, 6 de agosto de 2010




olhando assim pra ele,
tenho uma vontade de abraçar o
meu pai!



:

terça-feira, 27 de julho de 2010

de vez em quando ele fica olhando pra cima.
vidrado, rindo, se divertindo sozinho.
parece até que vê peixinhos em cima da cabeça

no meio de um debate acalorado sobre goleiro bruno,meninos da zona sul batendo pega, policiais corruptos,
um filho adotivo é acusado de ser o mandante da morte do pai e mais uma galera.
o irmão do amigo que morreu.
...
no meio desse turbilhão de fatos inesperados que não tem entendimento,assim é a vida.
olho pro lado, vejo o meu filho do alto de seus dois meses tentando engolir a própria mão,toda babada, fazendo um milhão e meio de caretas pra tanto.
parei disse comigo mesmo, rindo e assoprando o ar:
você é que tá certo meu filho.
você é que ta certo



:

terça-feira, 13 de julho de 2010


muito choro,
pouco sono,
muito orgulho!
dois meses mas parece
que dois anos.

sexta-feira, 18 de junho de 2010



mas ele está melhor
desde que você chegou e
explicou o mundo pra
mim.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

não sei o que é.
madrugada insone,
a mãe sugando um momento de sono com todas as forças.é preciso aproveitar cada eternidade de cinco minutos.
eu e ele ali.quietude.
ele de olhos fechados,
eu ninando aquele rosto repleto de ingenuidade e pureza.deixo escapar uma melodia de eu menino.baixinho.ele
respirando forte,entregue.nas minhas mãos.na minha vida.
eu cantando as canções de ninar mais insólitas,
me revigoro do sono com a sensação de estar vivendo um momento único.
intransferível.
eu, ele, a madrugada e o descobrimento do que é
paz.
dorme meu filho.dorme profundo.
deixa o papai beber mais um tanto da tua pureza.me contagia com o teu desconhecer!
amor é também dizer
te amo
amar é também cantar
te amo
amar é escrever
te amo
amar é expressar se

colocar um adesivo no carro, seria demais,pensei.me soou meio brega um adesivo desses...

daqueles grandes brancos,que as pessoas colam geralmente no vidro traseiro do carro.
geralmente em carros como monza tubarão rebaixado com vidro filmado.ou vectra.
também muito encontrados em caminhões e kombis que fazem lotada.

amar é expressar se!
meu adesivo no meu cadilac vermelho.
EU AMO MINHA FAMÍLIA.


:
Tatá Oliveira: I NÁCI O! nasceu aos treze de maio de dois mil e dez! a vida nos sorriu com sol!
http://www.perinatal.com.br/2009/resultado_busca_bebe.asp?codigo=PI165324

com mais calma,depois, outras imagens!
viva ele.


:

descobrir poesia no desespero do choro.

fazer canção de ninar no meio do caos da madrugada.artifícios pra enganar o sono e sorrir.

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
to correndo.sempre pressa.meio atrasado.ligação perdida.olhar atento.desculpa o atraso.to indo embora.quer carona?aqui desse lado,aqui..assim mesmo.meu fluminense e meus desejos.um beijo do seu.eu aqui em qualquer lugar aqui, espaço pra vazão a idéias. ficção criando uma verdade pseudo pessoal. "eu quero uma verdade inventada"

Seguidores